Mundo Mulher

/

Vestido de Noiva

um objeto de desejo para quase todas as mulheres. O vestido de casamento faz parte do sonho de Cinderela: "entrar numa igreja, linda e charmosa, ao encontro do príncipe encantado".

Romantismo exagerado nos dias de hoje? Talvez sim, mas ainda é alimentado pela maioria das moças.

Sonhos à parte, o vestido deverá ser escolhido com cuidado e com muita antecedência. Modismos podem ser levados em conta, sem perder de vista, entretanto, o fundamental - o estilo da noiva, seu tipo físico, o estilo do casamento, horário e local.

Não deixe também de sondar o que o noivo sonha para você. Já pensou se você escolher um vestido vermelho, justo e ele imaginá-la entrando num branco esvoaçante? Poderá ser um choque e uma decepção muito grande.

Se você decidiu ousar muito, procure ir preparando-o para algo diferente, sem que seja necessário contar-lhe os detalhes. O vestido poderá ser encomendado por diferentes formas:

Feito exclusivamente para você, que o guardará como recordação. Esta opção é mais cara e desnecessária. Além de ser um incômodo, pois ele tenderá a amarelar e o volume é muito grande, você terá de imaginar um local especial para guardá-lo.

Sistema de 1º aluguel. Você escolhe o modelo e o material, paga um preço mais em conta e devolve-o para loja após o uso.

Ou alugar modelos já disponíveis, esta é a opção mais barata e as ofertas no mercado são muitas.

Em qualquer um dos sistemas escolhidos, informe-se sobre o plano e condições de pagamento. Faça um contato e procure pegá-lo no mínimo com 3 dias de antecedência.

Além do "Dia D" ser muito tumultuado, você poderá experimentá-lo pela última vez e evitar contratempo.

Veja algumas sugestões:

Se você resolver casar-se à noite, com toda pompa, o vestido deve ser longo e com cauda, feito em tecido precioso.

Para os detalhes, use rendas ou bordados suntuosos.

O véu deve ser mais longo que a cauda.

Na cabeça, uma grinalda de material rico ou até mesmo uma semi-jóia.

À tarde, com muita elegância, o vestido deve ser discreto e com cauda pequena. O véu curto, no máximo, na cintura. Melhor escolher tecidos foscos, como seda, organza, tafetá. Detalhes em renda, tule, bordados sem brilho.

Na cabeça, grinalda sem brilho, de pérolas, flores artificiais, ou se optar por semi-jóia, deverá ser sem brilho.

Pela manhã, mais romântico e jovial. Escolha um vestido delicado, confeccionado em laise, tule ou organza.

Pode ser branco, pérola, cores em pastel ou até em estampa floral.

Na cabeça, faça opção por flores artificiais ou naturais, pérolas ou semi-jóia esmaltada.

Pode ainda optar por chapéu.

Quanto a escolha do modelo, leve em conta seu tipo físico:

Alta e magra, pode usar praticamente tudo: saias amplas, franzidas na cintura, caudas, decotes, golas altas, dependendo do seu gosto e estilo.

Alta e gordinha, prefira tecidos de bom caimento, como crepes.

Baixa e magra, evite vestidos volumosos, prefira blusa ajustada no corpo, use saia longa com cauda discreta. Uma grinalda mais alta e véu longo ajudam a alongar a silhueta.

Baixa e gordinha, a linha evasê do estilo redingote, veste bem. Modelos de cintura baixa e saia longa abrindo-se em cauda discreta, disfarçam quadris longos. Cuidado com os recortes, costuras em modelos muitos justos, podem formar rugas.

Anote! Noivas de mais de 35 anos devem optar por modelos mais clássicos e limpos sem muito detalhes.

Mundo Mulher
Mundo Mulher
Mundo Mulher
box_veja